,

Introdução Alimentar para bebês

· 4 Comentários

Acompanhando o Pimenta e Limão, é bem previsível constatar que de noiva à dona-de-casa-cozinheira à mãe eu me tornaria uma mãe cozinheira. Tá certo que, tenho que confessar, minha mãe que está desempenhando essa função, mas prometo trazer essa responsabilidade para mim e postar como fazer comidinhas saudáveis para bebê na introdução alimentar. (fora nestlé)

pimenta-e-limao-introducao-alimentar

Então para começar esse novo capítulo no blog, vou começar falando que utensílios uma mãe precisa ter em casa para começar a introdução alimentar do bebê. Peguei essa lista do livro A melhor comida para bebês do planeta.

  • colherzinha para bebês: Compramos essas da marca amerciana Munchkin. Quando perguntei pro pediatra se “tinha”que ser de silicone ele riu e disse que isso é chique, que era para oferecer em qualquer colher, rs. Mas pessoalmente achei que era mais confortável para a boquinha delicada da minha bebê (call me fresca). Tem uns versões que mudam de cor indicando a temperatura que também me parecem interessante.
  • Copos e colheres de medição: O pediatra geralmente indica quantos ml o bebê deve tomar. Não comprei copos de medição novos, usei os que eu já tinha em casa e vou confessar que depois de um tempo passei a ir no “olhômetro” medido basicamente por pratinho até a boca ou não.
  • Cronômetro: Não usamos.
  • Escova para verduras à prova de máquina de lavar louças: Não temos nem a escova, nem a máquina, rs. Lavo as verduras com solução de cloro + água ou água e vinagre.
  • Espátula de borracha: Comprei uma novinha na multicoisas só para a ela.(Infelizmente a minha não é essa de porquinho, é uma comum mesmo, rs).
  • Espremedor de batatas: Todo mundo tem um em casa, imagino eu.
  • Faca para picar alimentos: idem.
  • Faca pequena: idem.
  • Formas para cubo de gelo com tampa: Não compramos, compramos potes de vidro com tampa. E congelamos ali mesmo. A ideia da forma de gelo é legal porque depois de congelado você pode passar os cubos para um saco e ocupar menos espaço no seu congelador.
  • Frigideira média e com tampa: Nosso pediatra não indica refogar nenhum alimento então não comprei.
  • Moedor para limentos infantis, panelas elétricas, moedor manual para alimentos ou liquidificador padrão. : Eu cheguei a cogitar comprar esse processador de papinhas, mas ele não me parece nada diferente de um mini processador normal, não vejo porque não usar o mesmo. No nosso caso, não usamos processador nem liquidificador, passamos na peneira para ficar mais consistente e menos líquida. É importante o bebê ir gradativamente se acostumando a comer pedaços. Tem gente que coloca papinha na mamadeira até. Como diria o marido de uma amiga não é importante se preocupar apenas com “o que comer”, mas também “como comer “.
  • Panela pequena e média com tampa: Bati cabeça aqui com qual seria a melhor panela cerâmica, ferro, vidro, inox, teflon? Acabei optando por uma com revestimento de cerâmica.
  • Peneira pequena: Comprei uma pequena para frutas e uma grande para sopa. A fruta agora eu só amasso(maça e pêra eu ralo porque não dominei a técnica da raspadinha com colher). Uso a pequena agora para passar a gema de ovo por exemplo. Comprei de inox.
  • Pequenos potes com tampa para sobras. Comprei duas caixas no supermercado (Pão de Açucar-Extra) com potes de vidros com tampa de todos tamanhos.
  • Pratos refratários para uso no microondas ou forno convencional: não usamos microondas e esquentamos na panela mesmo.
  • Tábua de plástico ou vidro: Usamos a nossa de plástico.
  • Termômetro para carne: Não temos.
  • Tesoura de cozinha: Usamos a nossa mesmo.
  • Tijelinha de alimentação com ou sem ventosa. Temos duas uma na casa da vovó e outra em casa(Usamos o bowlzinho, o pratinho com divisórias é para a próxima etapa). Nenhuma das duas tem ventosa (buá). É uma excelente ideia, porque bebê a-d-o-r-a bater a mãozinha e derrubar tudo.Ps: até o sexto mês de vida, o único alimento que o bebê precisa é o leite materno (salvos os casos que a mãe tem alguma questão que a impeça de amamentar). A partir do sexto mês os alimentos são introduzidos de forma gradual, mas o leite continua sendo a principal fonte de alimentação até 1 ano. O bebê deve ser amamentado no peito até, pelo menos, os 2 anos, segundo a Organização Mundial de Saúde. Investir na amamentação é investir também na saúde do seu filho.

4 Comentários

  • Gabi Santana

    Minha Maria Antonia é uma boquinha nervosa e tenho que confessar que eu estava doida para começar essa fase de introdução, (por ser uma novidade deliciosa, apreciar aquela mini boquinha mastigando as comidas que preparamos com tanto carinho), mas o peito é o peito né? Sei que a sua Maria ainda não chegou nessa fase, mas eu amei introduzir o BLW na nossa rotina. As outras mães que me viam dando os pedaços de frutas na mãozinha dela para comer sozinha ficavam horrorizadas, mas foi um dos métodos que a gente mais curtiu e acho que ajudou muito à Maria comer de tudo até hoje. Você já leu sobre ele? Beijo e parabéns pela sua filhota que tá cada dia mais fofucha!

    • Já li Gabi!! Estou até no grupo de BLW no facebook. Não tive coragem de introduzir desde sempre assim, mas super pretendo mesclar os métodos, assim que me sentir segura… Vou debater com o pediatra na próxima consulta. Você começou a dar pedaços a partir de qual idade? Engraçado que minha mãe comentou que eu bem bebe “chupava” pêssego, blw instinto materno, rs.

      Beijoss!

  • Eu tenho uma amiga com um bebê de 4 meses, louca da vida de ansiedade de testar uma tal de uma centrífuga que ela comprou em Miami. Ainda não tive a oportunidade de ver a máquina, mas segundo ela ali dentro mesmo o legume se descasca, pica, cozinha à vapor, amassa e mantém aquecido na temperatura ideal durante sei lá quantas horas. Fiquei pensando cá comigo que se fosse solteira super me casaria com a maquininha. Mas, enfim, ao invés disso to aqui sentada esperando o dia que ela vai vir toda nostálgica lembrando do tempo que era só dar de mamar no peito e ponto. Porque uma máquina que faz tudo isso sozinha deve ser suuuuuper fácil de lavar, né não? haha

    • Ihhhh será que é a tal máquina que eu achava que só era um processador? Mamar no peito é tãaao mais fácil mesmo, que saudade.. e ainda tem gente que quer diminuir esse tempo. E sim, deve ser o inferno na Terra lavar, de repente ela compra uma máquina para lavar a a máquina, rs Quem sabe uma Rosie Jetsons?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *